O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

sábado, 30 de agosto de 2014

Across the Empire (1) First day: boring roads, sempre mais do que o planejado...


Across the Empire (1) First day: boring roads, sempre mais do que o planejado...
            Conseguimos sair de Hartford, Carmen Lícia e eu, em torno de 16hs, depois de um dia cheio de trabalho que tinha começado antes das 7hs da manhã, e envolveu antes de partir alguns telegramas de serviço, duas ou três corridas entre o trabalho e a residência, arrumação de coisas no carro, telefonemas de função, e outras pequenas coisas que já esqueci (já estava com a mente fixada na estrada, uma segunda residência).
            O caminho tinha tudo para ser aborrecido, e foi mais do que o previsto: vários trechos de estrada em via única por serviços de manutenção e um ou outro acidente menor, onde a polícia é o maior obstáculo, não o acidente.
            Eu tinha planejado fazer apenas pouco mais de 200 milhas, em três horas e meia, de Hartford a Wilkes-Barre, já na Pennsylvania, depois de atravessar o restante de Connecticut e a tripa do estado de New York, um pouco acima de West Point (pela Inter-state 84), e foi mais do que o previsto também.
            Segundo o Google Maps, a distância entre Hartford, CT, e Milesburg, PA, onde chegamos as 22h35 (Hotel Quality Inn), é de 328 milhas, que poderiam ser feitas em pouco mais de cinco horas. Contando, porém, os serviços de estrada, engarrafamentos próximos de cidades na saída do trabalho, entre 16 e 18hs, mais duas paradas para descanso e restauração, fizemos exatamente 329 milhas (pelo odômetro do carro), num tempo total de 6h30 (dos quais 50 minutos devem ter sido ocupados por paradas voluntários).
            Nada a destacar no caminho, estradas que conhecemos bem, pois já fizemos três ou quatro vezes o caminho de Chicago: I-84W, I-81S e I-80W, por vales e montanhas moderadas. Tempo agradável na maior parte do percurso, mas já esfriando ao chegar no hotel.
            A foto abaixo reproduz um mapa do Guia Verde dos hotéis da região, com boa parte do percurso que fizemos, pela I-84W, desde CT e atravessando o estado de NY, e entrando na Pennsylvania, descendo pela I-81S e ultrapassando Wilkes-Barre onde pretendíamos dormir originalmente, e continuando pela I-80W, até quase o fim do mapa, no coração desse estado.

Amanhã, sábado, devemos continuar pela I-80W, atravessar todo o estado de Ohio e parar para dormir em Indiana. Como sempre, sempre fazemos mais do que o planejado, que seria uma etapa de 600 milhas, ou 960km, o que é normal para os nossos padrões. Mas depende do que aparecer pelo caminho (seguindo o Guia USA), ou dos trabalhos de manutenção. O Google Maps indica, neste momento, sete trabalhos de estrada e dois acidentes, que amanhã terão sido reabsorvidos (para dar lugar a outros, provavelmente). Assim segue o caminho.
Deste ponto até Denver, nossa primeira grande etapa (e com dois fusos horários para trás, na zona das montanhas) são ainda 1.556 milhas, que o Google maps indica poder ser feito em 22h42m, para os malucos que viajam sem parar...
            Vou ler um jornal, percorrer a Foreign Affairs e depois dormir. Tenho várias Economists que trouxe comigo para ler ou reler matérias importantes, inclusive um Special Survey sobre a China e outras maldades sobre o Putin...
            Boa noite.
            Paulo Roberto de Almeida
            Milesburg, PA, 30/08/2014
Postar um comentário