O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

domingo, 31 de agosto de 2014

Eleicoes 2014: companheiros a beira de um ataque de nervos com o tsunami Marina

Os companheiros estão mesmo desesperados. E não é para menos: existe um risco real de perderem. Por isso, já assestaram todas as baterias, todos os canhões, todos os mísseis, todos os seus mercenários a soldo, seus sabujos amestrados para escrever contra ela, assim como vão fazer golpes dos mais sujos, soltando acusações pesadas contra a candidata que já deixou a soberana mordendo a poeira da estrada.
Que coisa heim?!
Eles vão ter de apelar para o Chapolin Colorado, mas não sei se vai dar certo.
Basta ver a quantidade de matérias contra a Marina no seu principal site "independente", inteiramente a serviço dos companheiros (e na sua lista de pagamentos, claro).
Eles estão tão desesperados, coitados, que chegam ao cúmulo de propor, no editorial do pasquim sabujo, que se anuncie desde já que o novo chefe da Casa Civil de uma soberana reeleita já está escolhido e tem nome: Lula.
Não é o desespero total?
Paulo Roberto de Almeida

Carta Maior, 31/08/2014
Editorial
Marina topa tudo. O PT topa ousar ou vai se render?
30/08/2014
O programa de Marina Silva, lançado na mesma sexta-feira em que o Datafolha lhe dava uma vantagem de 10 pontos sobre Dilma Rousseff no segundo turno, tem 242 páginas. Mas poderia ser resumido em uma linha:a nova política reserva 20% do orçamento para educação e saúde, mas entrega o comando fiscal à agenda do arrocho. Diante da fraude o PT vai ousar ou se render?
Destaques
Eleições 2014: O programa que agrada os banqueiros no Brasil

Uma thatcherista ecologicamente correta na corte da candidata Marina Silva. Desde que a dirigente ambientalista anunciou que disputará as eleições presidenciais, a única pessoa de seu entorno que deu detalhes sobre o seu programa de governo foi Maria Alice Setúbal, membro da dinastia que fundou e conduz o banco privado mais importante do país. Por Darío Pignotti, do Página/12.
Arquivo
Banqueira que coordenou programa de Marina empresta até os óculos à candidata

Jean Wyllys: Marina, você mentiu e não merece a confiança do povo brasileiro
Brasil247
As mil faces de Marina Silva: a falácia da nova política
Arquivo
Sobre o casamento gay: Marina Silva prefere Malafaia
Arquivo
A diminuição do papel do Estado ou um Estado Democrático e Cidadão

Arquivo
Marina e as Elites
Arquivo
Marina Silva, vida e morte da política
Arquivo
Por que o criacionismo é um ataque à democracia?
Blog do Emir
Plebiscito popular pela reforma do sistema político
Entre os dias 1º e 7 de setembro será realizado um plebiscito popular por uma Assembleia Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político.
Colunistas
Flávio  Aguiar Flávio Aguiar
A miragem chamada Marina
A candidatura de Marina vai na direção de atrelar novamente o país ao que de mais recessivo e depressivo há no mundo em matéria de economia e política econômica
Jeferson MiolaJeferson Miola
Marina e a mística da mudança
A Marina de hoje é apenas um ramal ideológico da velha política e do conservadorismo, com uma agenda de retrocesso e uma política econômica neoliberal.
Antonio LassanceAntonio Lassance
A política maquiada de Marina
Parte dos eleitores de Marina precisa ser informada de que a pessoa em quem pretendem votar não existe mais. A Marina de hoje não é mais a mesma de tempos atrás

Não é desesperador?
Os companheiros vão aumentar ainda mais o cacife da beata da floresta com seus ataques furibundos.
Vamos nos divertir bastante, só de ver o que vão fazer para lhe trazer ainda mais votos...
Paulo Roberto de Almeida
Postar um comentário