O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Historia Economica e Historia de Empresas, n. 1/2016: artigos excelentes - ABPHE

O menu da revista de História Econômica e História de Empresas, em seu número mais recente (vol. 19, n. 1, 2016). Artigos disponíveis neste link:  http://www.abphe.org.br/revista/index.php?journal=rabphe

Artigos

A Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas (FCEA) da Universidade de São Paulo (USP) e a escrita da História Econômica de Alice Piffer Canabrava
Otávio Erbereli Júnior
O QUE PENSAM OS PENSADORES DA ECONOMIA NO BRASIL? UM ESTUDO EMPÍRICO SOBRE A PRODUÇÃO EM HISTÓRIA DO PENSAMENTO ECONÔMICO E METODOLOGIA NO BRASIL – 2004-2013
Emmanoel Boff, Conrado Krivochein
A Economia e a Alocação de Riqueza Bruta em Ribeirão Preto, 1889-1900
Luciana Suarez Lopes
O Fracasso do Trabalho Assalariado na Agricultura Fluminense: diplomacia, capitalismo e a imigração asiática (década de 1890)
Daniel de Pinho Barreiros
Heterodoxia e industrialização na Belle Époque do liberalismo brasileiro: o pensamento econômico de Amaro Cavalcanti
Ivan Salomão
Estagnação latino-americana e estratégia brasileira de desenvolvimento: análises do início do exílio de Celso Furtado
Renata Bianconi
Seria Fernando Henrique Cardoso um weberiano?
Rodrigo Straessli Pinto Franklin
Da Criação do Conselho Nacional do Petróleo à Política de Conteúdo Local: a trajetória histórica das políticas para a indústria do petróleo e gás natural no Brasil
Ricardo José dos Santos, Ana Paula Macedo de Avellar

Homenagem

Werner Baer, a economia e os economistas brasileiros
Armando João Dalla Costa
Postar um comentário